Oxalá

oxala

Oxalá é o trono natural da Fé, e é em si mesmo esse mistério divino, pois gera a fé o tempo todo e a irradia de forma contínua e permanente, alcançando a tudo e a todos.

Todo ser que se apega à fé com um sentimento puro de amor a Deus e à vivência com virtuosismo está sob a irradiação de Oxalá, assim como quem faz da prática da caridade religiosa um ato de fé em Deus é também amparado por Oxalá em suas irradiações abrasadoras.

Oxalá, assim como Jesus, proporciona aos filhos a melhor forma de praticar a caridade, isto é, dando para receberem, e assim poderem trilhar o caminho da luz que os conduzirá ao seu Divino Mestre. A atribuição de Oxalá é a de não deixar um só ser sem o amparo religioso dos mistérios da Fé. Nos altares de Umbanda, é comum vermos a figura tranquilizadora do Cristo de braços abertos, oferecendo seu amor e caridade indistintamente a todos.

 Como Orixá na Umbanda, Oxalá se apresenta sob três formas:

  • OXAGUIAN: o Oxalá Menino, que é sincretizado com o Menino Jesus de Praga.
  • OXALÁ: sincretizado com Jesus Cristo.
  • OXALUFAN: o Oxalá Velho, sincretizado com Jesus no Monte das Oliveiras.

Sincretismo: Jesus Cristo
Sexo: Masculino
Trono:
Cor: Branco
Atuação: Religiosidade dos seres e vibrações de fé
Ferramentas/Oferendas: Tigela branca, prato branco, quartinha branca, água mineral, efun, canjica, algodão, frutas, coco verde, mel
Flor: Flores brancas em geral (rosas, lírios, crisântemos etc)
Ervas principais: anis estrelado, hortelã, jasmim do cabo, tapete de Oxalá (boldo), alecrim, eucalipto e sálvia
Oferenda: frutas, coco verde, mel, canjica, água mineral ou vinho branco
Guia: miçangas brancas leitosas
Ponto de Força: todos os locais abertos, limpos e puros, como praias, jardins, morros, matas, bosques, campinas, jardins floridos
Comemoração: 25 de dezembro
Saudação Oxalá: “Oxalá é meu Pai”

Clique aqui para conhecer a oração a Oxalá