Ciganos

ciganosA linha Cigana pode ser enquadrada tanto na Esquerda como na Direita, ou seja, tem liberdade de transitar entre os dois lados.

Este povo milenar teve origem na Índia antiga; havendo diversas lendas a respeito da verdadeira razão que os levou a serem andarilhos. Foram obrigados a aprender a quiromancia (leitura das mãos), astrologia e outras sabedorias esotéricas, bem como firmar   uma   nova língua, para se protegerem das perseguições da época. Em suas viagens, sempre buscando a liberdade e a paz, adquiriram respeitável sabedoria sobre as coisas da Terra.

Este povo nos limpa os chácras e revigora nosso corpo físico usando a energia de pedras, cristais, incensos e elementos da natureza (água, fogo, terra, flora, etc), além de utilizar de práticas como as cartas ciganas para prever o futuro.

Dominam a magia e preservam a liberdade. Os Ciganos usam muitas cores em seus trabalhos.

Os Ciganos têm em Santa Sarah de Kali as orientações necessárias para o bom andamento das missões espirituais, mas não devemos confundir tal fato com Sincretismos, pois Santa Sarah Kali é tida como orientadora espiritual e não imagem de sincretismo.

Cor: Amarelo e vermelho (bicolor)
Atuação: Prosperidade, despertar da consciência, desapego, liberdade, amor pela vida, cura espiritual e física, corte de magias negativas
Guia: Miçangas leitosas coloridas
Ferramentas/Oferendas: Caldeirão, pedras, incensos, cálices, moedas, lenços, baralho, espelho, dados, medalhas, enfeites
Flores/Ervas: flor de lótus, rosas, flores silvestres, girassol; jasmim, alecrim, sálvia, hortelã, pétalas de rosas, folha de laranja e limão, folha de louro, folhas e raiz de violeta, canela, cravo, folha de sândalo
Local: Campos abertos, praças, jardins
Comemoração: 24 de Maio
Saudação: “Ori Babá!”