Omulu

omulu

Omolu é o Orixá Cósmico da Geração e atua na paralisação de tudo aquilo que atenta contra os Sentidos da Vida. É a presença de Olorum garantindo a Vida e a Geração. As Irradiações do Sagrado Pai Omolu garantem o equilíbrio da Criação, pois atraem para o seu campo cósmico todos os seres que se desequilibraram e passaram a atuar de forma desvirtuada, atentando contra qualquer dos Sentidos da Vida. O magnetismo de Omolu é absorvente e suas ondas são alternadas.

Omolu é o dono do cruzeiro dos cemitérios e regente supremo das almas. Omolu é o Orixá que rege o instante da passagem do plano material para o plano espiritual (desencarne). Omolu rege sobre o “cemitério” e sobre os espíritos dos “mortos”.

Omolu é o guardião divino dos espíritos caídos. O Orixá Omolu guarda para Olorum todos os espíritos que fraquejaram durante sua jornada carnal e entregaram-se à vivência de seus vícios emocionais.

Sincretismo: São Roque
Sexo: Masculino
Trono: Geração
Cor:
Preto e branco (vela bicolor)

Atuação: Geração, equilíbrio, criatividade; Alívio na passagem, definição entre vida terrena e espiritual
Ferramentas/Oferendas: Balaio, água mineral, palha de milho, pipoca, areia, terra, terra de cemitério, palha, cabaça, cajado (xaxará)
Flor: 
flor de maracujá, hortência lilás, violeta, flor de laranjeira, copo de leite
Guia: Miçanga cristal preta e cristal branca
Comemoração: 16 de agosto
Saudação: “Atotô, meu senhor!”

Clique aqui para conhecer a oração a Omulu