Obá

Minha senhora protetora de meu encanto, eu não fui digno de pronunciar seu nome. Eu não fui digno de lhe implorar o perdão. Eu conheci o medo e tropecei nos empecilhos.

Minha senhora-guia de minhas forças. Senhora soberana de meus disfarces a humilhação cobriu-me os pés e eu não pude andar e ser guerreiro.

Minha senhora-mãe de minhas crenças. Senhora-mãe dos justos feitiços. A injustiça cobriu os meus caminhos e eu não pude ser destemido.

Minha Senhora Rainha, poderosa guerreira contra a maldade. Que sua espada se lance sobre minha vida e eu seja digno de sua bondade.

Que a força que existe no rio quando encontra o mar, seja tão igual poderosa em minha estrada, capaz de mudar o meu destino e meu pesar e que os seixos que agora se escondem, possam resplandecer nos ribeirões límpidos para lhe saudar.

AMÉM.

Obá
Sincretismo: Nossa Senhora das Neves
Comemoração: 5 de agosto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s