Quaresma: tempo de reflexão e de atenção

A quaresma, palavra que vem do latim “quadragésima”, representa na religião católica o período compreendido entre a quarta-feira de cinzas e a celebração da ressurreição de Jesus Cristo, no domingo de Páscoa. Este tempo é reservado para reflexões íntimas, meditação e penitência, que culminam no recomeço de uma vida melhor, ou num renascimento, como o de Jesus Cristo.

A quaresma dura, na realidade, 47 dias, uma vez que no calendário litúrgico os domingos não são contados. A cor deste tempo é o roxo, que representa a penitência desse período, daí o fato de as imagens católicas serem cobertas com um manto dessa cor.

A data da quaresma é determinada pela Páscoa. Porém, a Páscoa é uma data móvel, calculada a partir do chamado “equinócio de primavera”, momento em que no hemisfério sul a estação do ano muda para o outono e no hemisfério norte para a primavera. O primeiro domingo depois da primeira lua cheia de outono é o domingo de Páscoa; se contarmos 7 domingos antes do domingo de Páscoa, temos o domingo do Carnaval.

A quaresma na Umbanda
Assim como na religião católica a quaresma representa uma ideia de renascimento, na Umbanda ela representa uma nova chance de remissão para aqueles que, no mundo espiritual, foram aprisionados de acordo com a lei e a justiça divinas. A estes, então, é oferecida a liberdade e a oportunidade de recomeçar.

Porém, infelizmente, para muitos espíritos essa é apenas uma oportunidade de se verem libertos para  voltar a praticar o mal, inclusive contra aqueles ligados à causa de seu aprisionamento.

Por isso, todos nós, mas principalmente aqueles que trabalham a sua mediunidade, devemos ficar, durante esse período, mais vigilantes e cuidadosos do que nunca com as influências energéticas negativas, tanto as mentais quanto as espirituais.

O que é possível fazer para evitar esse tipo de interferência em nossas vidas, decisões e atitudes?
Primeiramente, é preciso estar atento a padrões incomuns de pensamento, atitudes, comportamentos ou sentimentos negativos, ou porque normalmente não acontecem, ou porque passam a acontecer nessa época de forma mais acentuada. Além disso, atentar também para distúrbios de sono e de humor, dores de cabeça sem causa aparente ou recaídas de uma forma geral, sobretudo com relação a vícios. É importante ainda evitar os excessos, principalmente no consumo de álcool e/ou de outras drogas que alteram o estado de consciência e, portanto, deixam a mente mais suscetível a influências externas.

De forma prática, auxilia manter sua vela de anjo da guarda permanentemente acesa e fazer banhos frequentes de ervas (semanalmente, com o já conhecido banho de sete ervas, por exemplo). Recorrer à ajuda que as entidades nos oferecem com muito amor também é de grande importância, seja através da aplicação de passes ou através das consultas.

Amor, aliás, é a forma mais importante de combater a qualquer reação, em qualquer tempo!

Vale lembrar que ataques e influências externas negativas não acontecem apenas nesse período, mas nesse período podem tornar-se mais frequentes ou incisivos. Da mesma forma, velas e banhos não são ferramentas ou formas definitivas de proteção contra más influências específicas do período da quaresma,  são instrumentos de que podemos nos valer em todos os dias do ano, mas que nesse período nos são de especial utilidade.

Estejamos todos sempre alertas e preparados!

Saiba como acender sua vela de anjo da guarda e fazer um banho de sete ervas

Sobre aguasoxum

O Núcleo de Umbanda Águas de Oxumfoi fundado sob a regência de Mamãe Oxum e com a humildade e a sabedoria dos amados pretos-velhos. Membro da Associação Umbandista e Espiritualista do Estado de São Paulo (AUEESP), o núcleo é um local sagrado e caritativo, sustentado pelos pilares do amor, da fé, da caridade e da fraternidade, que juntos formam a sólida base de nossa religião: a Umbanda.
Esse post foi publicado em Calendário. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s